Em meio à pandemia, abstenção no 2º dia de provas do Enem sobe no Acre e chega a 54,8%

Em meio à pandemia, abstenção no 2º dia de provas do Enem sobe no Acre e chega a 54,8%

O segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Acre, nesse domingo (24), teve nova abstenção recorde, superior à do primeiro dia, em 17 de janeiro. De acordo com balanço, 54,8% dos inscritos no estado deixaram de comparecer aos locais de aplicação, espalhados por 17 municípios.

O Instituto Nacional de Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), organizador do exame, informou que 18.389 pessoas compareceram às provas nesse domingo, o que representa um percentual de 45,2%, enquanto 22.285 faltaram. Ao todo, eram esperados 40.674 de candidatos. No primeiro dia do exame, a abstenção foi de 51,5% no Acre, ficando igual à média nacional.

A prova do domingo (24) teve questões de matemática e ciências da natureza e o anterior reuniu ciências humanas, linguagens e redação.

No Enem 2019, mais de 11 mil pessoas faltaram o segundo dia de provas e o percentual de abstenção ficou em 28,60%. Naquele ano, o estado tinha 38.649 inscritos no exame, sendo que 27.596 candidatos realizaram as provas no segundo dia.

Pela primeira vez, o Enem também conta com uma prova digital, que será aplicada nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. No Acre, além dos mais de 40,6 mil candidatos inscritos para fazer as provas impressas, outros mais de 1,1 mil se inscreveram para fazer a versão digital.

Abstenção no país

O índice nacional de abstenção do Enem 2020 também subiu no segundo dia de prova e atingiu 55,3% do total de candidatos confirmados esperados para esta edição. Este é o maior índice de toda a história do Enem. Antes, o recorde havia sido registrado em 2009.

De acordo com o balanço do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 2.470.396 pessoas compareceram às provas (44,7%) deste domingo e 3.052.633 (55,3%) faltaram. Ao todo, eram esperados 5,5 milhões de candidatos.

Esta edição foi marcada pelo adiamento das provas para janeiro deste ano – inicialmente marcadas para novembro de 2020. A decisão foi tomada em julho do ano passado em razão do agravamento da pandemia.

O próximo domingo terá a aplicação do projeto piloto do Enem digital, com provas para 96 mil inscritos.

Reaplicação da prova

Abre nesta segunda-feira (25), o prazo para reaplicação do exame, destinado aos candidatos que enfrentaram problemas para realizar nos dois últimos domingos. A reaplicação do Enem ocorrerá nos dias 23 e 24 de fevereiro. Deve fazer o pedido até sexta (29):

  • quem perdeu o Enem por problemas de infraestrutura, como as salas lotadas no domingo passado ou falta de luz nos locais de prova
  • quem teve diagnóstico de Covid ou doenças infectocontagiosas na véspera do exame. O Inep já recebeu até o momento 18.210 solicitações relacionadas ao novo coronavírus e aprovou 13.716 desse total

O pedido deve ser feito na Página do Participante. Cada caso será analisado pelo Inep.

 

Fonte: G1

Compartilhar este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − um =